sexta-feira, 29 de Janeiro de 2010

Alegria de Ser criança :)


Ser criança é saber perdoar,
é saber amar,
e não guardar mágoas.

Ser criança é brincar,
correr,
viver feliz.

Ser criança é viver na eternidade,
sonhar sonhos de esperança
para encontrar um mundo melhor!

Quem dera se todos tivessem a alegria de ser criança!!!!!!!

****


Catequese 3º ano



Olá, a todos
Então gostaram do nosso jogo, do puzle?


Esta semana após relembrarmos a catequese anterior, foi proposto às crianças fazer um puzle de letras que depois de formado formava a frase “Corpo de Cristo”.De seguida colocamos no nosso placar uma figura do “Corpo de Cristo”, com um dístico a dizer “Vóis Sois”.Pois é todos juntos formamos o “Corpo de Cristo
E como formamos nós este Corpo? Sendo os membros do “Corpo de Cristo”, pois todo o corpo é formado por cabeça, tronco e membros. Nós somos os membros do “Corpo de Cristo”, esses membros são constituídos pelos: padres, acólitos, leitores, bispos, cantores, organista, ministro da comunhão, sacristão, missionários, crianças e assembleia. Nenhum destes membros é mais importante que o outro, pois o pé não é mais importante que a mão, simplesmente tem a sua função. Como membros do “Corpo de Cristo”, todos são importantes, todos têm a sua função na Igreja que juntos formamos.


Lembram-se como acabamos a nossa catequese? Foi quase como começamos, só que no início foi com as letras do puzle espalhadas pelos catequistas e por vós, formando um só corpo e no final foi abraçados formando um só corpo e rezando o Pai Nosso


Agora não se esqueçam do vosso compromisso, de escolher uma tarefa e desempenhá-la de forma e sentirem-se membros importantes do “Corpo de Cristo”.

Até sábado
Beijinhos



quinta-feira, 28 de Janeiro de 2010

Pai muçulmano dá lição de tolerância: "somos todos filhos do mesmo Deus, não é?"


É uma história edificante. Uma pedrada no charco do preconceito.

Numa escola, o filho, islâmico, pede a disciplina de Moral e Religião Islâmica. O director, aflito, telefona ao pai: "não sei se consigo arranjar professor de Moral e Religião Islâmica. O seu filho .foi o único a pedir essa disciplina."
O pai, um senegalês há cinco anos em Portugal, responde: "senhor director, não tem problema. Meta-o na turma de Educação Moral e religiosa Católica. Afinal, somos todos filhos do mesmo Deus, não é? E Alá é grande! O que eu quero é fazer dele um bom rapaz."

O director estupefacto, agradeceu.

quarta-feira, 27 de Janeiro de 2010

ELE não se cansa de nos dizer o quanto nos ama. E nós?

Hoje é desta forma que me apetece dizer: Senhor eu Amo-TE, faz-me digna do Teu amor.

video

(Tirar o som do blog)

terça-feira, 26 de Janeiro de 2010


Senhor Jesus, como podemos nós, agradecer-Te estares sempre tão juntinho a nós?

Dizemos-Te obrigado: por todas as crianças que, alguma vez, com os seus pais, com os seus avós, com a sua família com os seus párocos, com os seus catequistas, escutam a palavra de Deus.

Dizemos-Te Obrigado: por todos os que vêm à catequese que experimentam e entendem um bocadinho como Deus vem ao nosso coração e nos fala.

Dizemos-Te obrigado: Por todos os que aqui estão e que sentem que Deus anda sempre à nossa procura e que nunca desiste de nos encontrar...

Obrigado Senhor Jesus por estares vivo, por estares connosco, sempre atento e à nossa espera no Pão e na Palavra.

Acção de Graças feito pelos meninos do 4º ano

segunda-feira, 25 de Janeiro de 2010

O Tempo da Graça

A liturgia coloca no centro da nossa reflexão a Palavra de Deus, como um anúncio libertador que Deus dirige a todos os homens e que encarna em Jesus e nos cristãos.
João Baptista anunciava o "Dia da Ira de Deus" que estava quase a acontecer com a chegada do Seu Messias: "Raça de víboras, quem vos ensinou a fugir da Ira que está para vir?!"
Porém, em Jesus não se realiza o Dia da Ira, mas o Tempo da Graça: "O Senhor me ungio ... para proclamar a Graça!"
É extraordináriover que Jesus, na sua leitura do Profecta Isaías, não lê a frase completa, que seria "... para proclamar o ano da graça do Senhor, o dia da vingança da parte do nosso Deus;..." (Is. 61,2).
O Messias de Deus não coincide com o Messias dos Judeus. Por isso João Baptista "entrou em crise" e enviou dois dos seus discípulos a perguntar-lhe: "Afinal, és tu o que estava para vir ou ainda devemos esperar outro?". A resposta de Jesus vai na mesma linha deste seu anúncio inaugurado na Sinagoga de Nazaré: "Ide dizer a João o que vedes e ouvis: os cegos vêem, os coxos andam, os surdos ouvem ... e a Boa Nova é anunciada aos pobres!".
Já sabemos que as curas de Jesus não são os "efeitos maravilhosos de um curandeiro", mas antes um tipo de linguagem própria dos evangelhos para anunciarem Jesus Ressuscitado como fonte de libertação de tudo o que é contrário ao Projecto de Deus e ao Bem do Ser Humano. Com efeito, o pecado é a dinâmica desumanizante da história que apeia o Ser Humano da sua condição.

A libertação da Vida é o sinal máximo da Boa Notícia de Jesus a acontecer em todos os tempos e lugares.

Meditando adaptado do Derrotar Montanhas

sábado, 23 de Janeiro de 2010

O vendedor de Balões

Um dia, estava uma criança negra num parque a

observar um vendedor de balões. Este homem deixou soltar um balão

vermelho, que atraiu o olhar de todas as pessoas presentes.

A criança viu em seguida um balão azul a subir muito alto,

depois um amarelo e, finalmente, um branco. Todos subiram nos céus até desaparecerem de vista.

A criança negra ficou à espera que soltasse um balão negro. Mas começou a ficar surpreendida, pois o homem não se decidia a soltá-lo. Por isso, decidiu aproximar-se e perguntar-lhe: "Se soltar o balão negro, ele subirá como os outros?"

O vendedor de balões sorriu compreensivo para a criança e, enquanto soltava o balão negro, respondeu: "Não é a cor, mas o que têm dentro, que faz subir os balões".

de Pedrosa Ferreira in Cavaleiro da Imaculada, nº 893

sexta-feira, 22 de Janeiro de 2010


O Amor une as pessoas

quinta-feira, 21 de Janeiro de 2010

(para tirar o som do blog deve clicar na barra que está no canto superior direito e só depois clicar na setinha do vídeo para o escutar)

video

Que todos nós possamos viver, hoje, amanhã e sempre, como se este fosse o primeiro dia.

Que, em cada dia, ousemos procurar o Rosto de Deus, como Pai e ternura maternal, de formas que nunca conseguimos ver antes.

Que sejamos capazes de sermos livres e indomáveis, como só o Amor pode ser.

Que tenhamos coragem de experimentar, ainda que, depois, levemos umas marcas do caminho, um quanto gelo agarrado na boca.

Que estejamos disponíveis para desafiar os outros a serem diferentes. Com neve atirada ao acaso? Com sorrisos? Talvez, mas, sobretudo, com a Vida.

Que o nosso coração bata apressado, como batem os corações dos que se dão inteiros.

Que saibamos fazer de cada sítio em que estejamos "o lugar a que pertencemos".

Que não recuemos perante caras de poucos amigos, porque, no fundo, o que todo o coração quer é sentir-se amado.


quarta-feira, 20 de Janeiro de 2010

"Uma hora"...


Uma criança perguntou timidamente ao pai quando este regressava do trabalho:
- Pai, quanto é que ganhas por hora?
O pai, friamente, respondeu:
- Para que queres tu saber? São dez euros por hora.
- Então, pai, poderias emprestar-me três euros?
- Então é por isso que queres saber quanto ganho por hora? Vai para a cama e não me aborreças mais, por favor..!
Já era noite quando o pai começou a pensar no que tinha acontecido e sentiu-se culpado. Talvez o filho necessitasse de comprar algo. Entrou no quarto e perguntou-lhe baixinho:
- Filho, estás a dormir?
- Não, pai.
- Olha, aqui tens os três euros que me pediste.
- Muito obrigado, pai.
Depois a criança levantou-se, foi buscar os sete euros do mealheiro e disse ao pai:
- Agora já tenho dez euros! Pai, podias vender-me uma hora do teu tempo?

Os pais podem dar coisas aos filhos. Mas o que eles mais necessitam é que lhes dêem tempo para os escutarem.

In Cavaleiro da Imaculada, nº 888

segunda-feira, 18 de Janeiro de 2010

Catequese 3º.Ano

Olá amiginhos

"Pelo Crisma somos Confirmados como Cristãos"




Este foi o tema da nossa catequese, e para falar dele tivemos uma visita muito especial.
Quando boa notícia de que Jesus tinha ressuscitado e aparecido aos seus amigos, saiu dos muros de Jerusalém por Filipe, as pessoas que o ouviam e também queriam seguir Jesus eram baptizadas por ele em nome de Jesus Senhor, mas essas pessoas sentiam a falta de alguma coisa mais, que era o baptismo no Espirito Santo.

Foi por isso que Pedro e João também sairam de Jerusalém, para lhes dar aquilo que só lhes podia ser dado pelos Apóstolos, o Espirito Santo.



E foi isso mesmo que o nosso amigo José Manuel nos veio ensinar com o seu testemunho.
Veio-nos falar da sua Confirmação, do que ele sentiu nesse dia, e de como a sua vida mudou a partir daí.

Nos dias de hoje, esse Sacramento "Crisma", é-nos dado pelo Bispo, com azeite perfumado, azeite que fortifica e perfume que atrai. Aí recebemos a energia do Espírito Santo que nos fortifica e nos dá energia, para fazermos da nossa vida, uma vida verdadeiramente Cristã.

Por isso meninos, esta semana e aceitando o desafio proposto, vamos viver como verdadeiros cristãos, e espalhar o perfume de Jesus Cristo.

Beijinhos e até Sabado

"O VINHO BOM"



O “Vinho Bom” estava guardado até Jesus, porque o Vinho Bom era o dom do Espírito que inaugura uma Nova Aliança.

Vinho Novo simboliza o Espírito Santo que se difunde como Vida Nova e Alegria da Aliança Renovada na Ressurreição de Jesus


O Espírito que cria a Comunidade também a anima e para isso faz emergir os Carismas. “Carisma” significa “dom de Graça” e são as qualidades pessoais de cada um consagradas pelo Espírito Santo e postas ao serviço da Comunidade.

Não há “ministérios principais” e “ministérios subalternos”, pois são o mesmo Espírito e o mesmo Senhor a raiz de todos eles. Aos Coríntios, como a nós, Paulo pede que renovem a abertura à Palavra de Jesus e ao seu Espírito de maneira a que isso conduz ao Serviço Gratuito e à Comunhão Fraterna.

A Vida construída e permanentemente renovada nesta Sabedoria e liberdade de Coração é o Rosto mais convincente da “tal” Nova Aliança que dizemos Crer e Querer e do “tal” Espírito do qual falamos como Vinho Novo da Alegria e do Convívio Universal!

Meditando para o 2º domingo do tempo comum do ano c - Rui Santiago



domingo, 17 de Janeiro de 2010

sábado, 16 de Janeiro de 2010








"Se encontrar um caminho sem obstáculos,
Ele provavelmente não o leva a lugar nenhum..."



****

sexta-feira, 15 de Janeiro de 2010

quinta-feira, 14 de Janeiro de 2010

Catequese 3º ano



Nicodemos, um dos principais entre os Judeus, tendo ouvido falar de Jesus, foi ao Seu encontro, pois também ele queria fazer parte do Reino de Deus tão bem anunciado por Jesus.
Jesus respondeu-lhe: “Em verdade em verdade te digo: quem não renascer do Alto, não pode ver o reino de Deus”

Renascer é voltar a nascer.
Renascer do Alto é renascer de Deus.
É no dia do nosso Baptismo que tamanha graça nos é dada. Que seria de nós sem o amor que Deus infunde em nós ao fazê-lo Seu filho? Por isso, para nós cristãos este dia é tanto ou mais importante que o dia do nosso nascimento.

Deus, nosso Pai, porque tanto nos ama, deu-nos o seu único filho e derramou no coração dos crentes o Seu Espírito de amor.


Conscientes de tão grande amor, cada um de nós em intimidade com Jesus na cruz, relembramos o dia do nosso baptismo molhando a ponta dos dedos em água (que nos limpa da tendência que temos para o mal), e dizendo: Eu -------------sou baptizado em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo
Amén.




Agora, revestidos de Cristo, temos razões para cantar alegremente “sou de Cristo sou feliz”. Para isso foi proposto como compromisso para esta semana que descubram a relação entre o bem que fizeram, com a partilha de Natal, e a sua condição de baptizados e que registassem momentos em que sentem especialmente felizes por serem de Cristo.


Beijinhos
Até Sábado

quarta-feira, 13 de Janeiro de 2010

segunda-feira, 11 de Janeiro de 2010

Passou pelo mundo fazendo o bem...
«Deus ungio com a força do Espírito Santo a Jesus de Nazaré, que passou fazendo o bem e curando todos os que eram oprimidos pelo Demónio, porque Deus estava com Ele».

Segundo o Profeta Isaías o Servo de Deus, sobre o qual "repousaria o Espírito de Deus" e actuaria o Seu Poder, teria uma intervenção bem diferente das nossas lógicas de poder e força: "Não gritará, nem levantará a voz, nem se fará ouvir nas praças...". Mas, ao mesmo tempo, "Não desfalecerá nem desistirá, enquanto não estabelecer a Justiça na terra..."

É nesta promessa, que Deus nos revela plenamente em Jesus o Seu Amor, que assenta a nossa própria Esperança e o compromisso com as tarefas do reino de Deus, que implicam a nossa procura de Justiça, a defesa da Dignidade de todas as pessoas, o apego à Verdade e a aprendizagem permanente do Perdão. Para que o nosso Baptismo se converta, realmente, num Mergulho renovado no Espírito Santo e na Palavra de Deus, de maneira a deixarmo-nos gerar permanentemente como filhos de Deus-Pai e nos comportarmos como Discípulos de Jesus...

Meditando para a I Semana do Tempo Comum Ano C - baseado no comentário de Derrotar Montanhas, na rúbrica Domingo

sexta-feira, 8 de Janeiro de 2010

quinta-feira, 7 de Janeiro de 2010

Ser estrela



Os Magos chegaram a Belém guiados por uma estrela. É que as pessoas são como estrelas ou como cometas.
Os cometas passam, as estrelas permanecem.

Há gente cometa que passa pela vida apenas por instantes, gente que não prende ninguém e a ninguém se prende, gente sem amigos que passa pela vida sem iluminar, sem guiar ou marcar presença.
O importante é ser estrela, estar junto, ser luz, ser calor, ser vida. Um amigo é uma estrela. Podem passar anos, podem surgir distâncias mas a marca fica no coração. Há necessidade de criar um mundo de estrelas. Todos os dias poder contar com elas e poder sentir a sua luz e calor.
Ser estrela neste mundo passageiro de pessoas cometas é um desafio e uma recompensa.

Recompensa por ter sido luz para muitos amigos, ter sido calor para muitos corações, ter nascido e ter vivido e não apenas existido.
Na nossa constelação cada estrela tem o seu brilho próprio onde o importante não é brilhar mais mas brilhar sempre.

Há um autor desconhecido que escreveu: "Para que a sua estrela brilhe, não é preciso apagar a minha."

Dehonianos

quarta-feira, 6 de Janeiro de 2010

Dia de Reis




Após o nascimento de Jesus, segundo o Evangelho de São Mateus, surgem os Reis Magos provenientes do Oriente, que o visitaram em Belém guiados por uma estrela.
Esta denominação de «Mago» tem conotação de sapiência entre os Orientais ou designa ainda astrólogos, deduzindo-se inicialmente que seriam Astrólogos eruditos. Isto pensa-se por se contar que terão avistado uma estrela que os terá guiado até onde Jesus nasceu. Terão chegado até Cristo a 6 de Janeiro, data que actualmente se comemora o «Dia de Reis».
O nome de «Reis» fora colocado com base na aplicação liberal do Salmo 71,10 realizada pela Igreja. Não há informação de quantos seriam e os seus nomes, existem sim apenas suposições e algumas pinturas dos primeiros séculos, aparecendo dois, quatro e doze «Magos».
Após o Evangelho terão sido atribuídos os nomes dos «Reis»; Baltasar, representante da raça africana ; Belchior, representante da raça europeia e Gaspar que representava a raça asiática, representando todas as raças conhecidas até à data, simbolizando a homenagem de todos os Homens da Terra a Jesus.
Pelo número de prendas deduziu-se quantos seriam, pois ofereceram três presentes, ouro (Belchior), incenso (Gaspar) e mirra (Baltasar).


As prendas têm uma simbologia, pois o ouro era somente oferecido a Reis, perfazendo a sua nobreza; o incenso, representa a divindade e a mirra, simboliza Jesus como Homem e o sofrimento que iria ter ao longo da sua vida.
Sendo países tradicionalmente católicos, Espanha e Itália são os países que maior importância e simbolismo atribuem a esta tradição.
As crianças espanholas e italianas celebram o Natal como todas as outras mas têm de esperar pelo dia de Reis, 6 de Janeiro, para receber as tão desejadas prendas.


Autor desconhecido

terça-feira, 5 de Janeiro de 2010

"EPIFANIA"



“Epifania” é uma palavra de raiz grega que significa “Manifestação”. No dia da Epifania do Senhor celebramos uma das dimensões do Mistério Salvador de Deus revelado e realizado plenamente em Jesus: a sua Universalidade. Celebramos a Manifestação do Acontecimento Salvador em Jesus a todos os povos e não apenas aos descendentes de Israel.

segunda-feira, 4 de Janeiro de 2010



Em 2010, vamos tentar fazer de maneira diferente:
Se for para chorar,
que seja de alegria;
se for para mentir,
que seja acerca da idade;
se for para enganar,
que seja o estômago;
se for para roubar,
que seja um beijo;
se existir guerra,
que seja de almofadas;
se for para perder,
que seja o medo;
se for para avaliar,
que sejam gestos de amor;
se for para gastar,
que seja o nosso coração;
se for para sofrer,
que seja por não podermos
passar mais tempo com os amigos;
se for para caminhar,
que seja em conjunto;
se for para esperar,
que seja de mãos dadas;
e se for para ser feliz,
que seja o ano inteiro!